João Pessoa terá ‘Ronda Maria da Penha’ para mulheres ameaçadas por agressores

10/12/2017
ronda

A violência contra a mulher ainda é um problema persistente na sociedade, e todos os dias nós vemos casos e mais casos de mulheres sendo agredidas pelos seus parceiros, sem ter necessariamente como se defender. Além disso, ainda há o abuso psicológico que muitas delas sofrem, e poucos ficam sabendo.

Nesse sentido, João Pessoa está dando mais um passo para tentar diminuir o número de agressões contra a mulher, através de um serviço que promete ser bastante útil. A “Ronda Maria da Penha” será lançada nesta segunda-feira (11), e faz parte de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de João Pessoa e do Tribunal de Justiça.

Ela tem o objetivo de proteger mulheres que estejam sob medida preventiva, ou seja, que tenham um histórico recente de ter sofrido agressão ou abuso. A Ronda terá início assim que o agressor for notificado pela justiça, e vai precisar da autorização da vítima para que ela passe a receber o acompanhamento de uma equipe especializada nesses casos.

A partir daí, a mulher continuará recebendo visitas periódicas e passa a ser monitorada presencialmente e por telefone. Ainda será disponibilizado às vítimas um número de telefone específico e sigiloso para uso com o aplicativo de mensagens WhatsApp, com o intuito de elas tenham um contato direto com a Ronda Maria da Penha caso se sintam vulneráveis.

A expectativa é que com este serviço em funcionamento o agressor fique desencorajado em procurar a vítima sabendo que ela está sendo monitorada, com receio de que seja descoberto. A ideia é que a mulher também se sinta muito mais segura com este apoio, até porque se necessário, a Ronda poderá acionar o Centro Integrado de Operações Policias (CIOP) para intervir na situação.

Portal T5

Notícias relacionadas...

Mais notícias

Nossos Anunciantes