‘Hackfest + Virada Legislativa': evento soma mais de 600 inscritos

09/08/2018
hack

A ‘Virada Legislativa’, evento que se integra ao ‘HackFest: Por uma sociedade politicamente participativa’ já conta com 206 inscritos, a uma semana do início do evento. Foi o que informou, nesta quarta-feira (8), a organização do evento. Além das duas centenas de inscritos na ‘Virada’, que será realizada por vereadores, servidores da Casa Napoleão Laureano e técnicos do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS-Rio), também foram inscritas 436 pessoas para a ‘Maratona por Mudanças’, totalizando 642 inscrições até agora.

Os selecionados participarão da palestra de nivelamento e do ‘toró de ideias’ (brainstorm)’, a partir das 18h30 da quinta-feira (16/08), quando acontece a abertura do evento, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes.

As inscrições da maratona foram encerradas no último domingo. De acordo com o coordenador da maratona, professor Nazareno Andrade, do Laboratório Analytics da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), numa primeira chamada foram selecionados 250 participantes, conforme o regulamento publicado no site.

A organização do evento solicita que se alguém que foi selecionado, por algum motivo, não puder participar do evento que avise da desistência para dar a vaga a outra pessoa que está na lista de espera. As equipes serão compostas no primeiro dia de evento (a quinta-feira, dia 16), de forma presencial.

Trilhas

Os maratonistas serão divididos em 26 equipes, que serão agrupadas em duas trilhas. Na trilha de ‘tecnologia’ contarão com o apoio de coaches em TI, finanças, direito e gestão pública para criar aplicativos. Na trilha de ‘leis’, haverá tutores especialistas para apoiar no desenvolvimento de propostas de projetos de lei de iniciativa popular e estruturar campanhas de mobilização.

A nave disponível para a maratona estará aberta ao acesso das equipes das 8h às 23h59 dos dias 17 e 18 e das 8h às 12h do dia 19. Os produtos desenvolvidos pelas equipes serão apresentados no último dia do evento (domingo, dia 18) e 10 equipes serão definidas como finalistas (três da produção de leis e sete de desenvolvimento de softwares). Os vencedores serão premiados com medalhas de ouro, prata e bronze.

Quarta edição

A quarta versão do hackFest acontece de 16 a 19 de agosto, na Estação Cabo Branco, em João Pessoa. Além da maratona hacker, haverá maratona de palestras, oficinas e painéis para incentivar o controle social no combate à corrupção e a uma efetiva participação social.

Todas as atividades são gratuitas, bastando que os interessados se inscrevam e cheguem aos locais do evento com, pelo menos, 30 minutos de antecedência para garantir suas vagas.

As inscrições para a maratona de palestras e painéis ficarão abertas até o dia 14, dois dias antes do evento. Quem preferir também pode fazer as inscrições presenciais, mas será dada prioridade para os que preencheram o formulário de inscrição e chegarem ao local do evento com antecedência.

O evento

O ‘HackFest+Virada Legislativa’ é organizado pelo Núcleo de Gestão do Conhecimento e Segurança Institucional do Ministério Público da Paraíba (NGCSI/MPPB), pela Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), pela Controladoria Geral da União, Tribunal de Contas da União, Prefeitura de João Pessoa (PMJP), pelo Laboratório Analytics da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O evento tem o patrocínio do Banco do Brasil, do Governo Federal e da Energisa.

O evento já conta com o apoio de mais de 30 instituições parceiras: Ministério da Justiça, Cade, Transparency International, Contas Abertas, TJPB, MPDFT, Cade, Atricon, MPF, Aspol, Adepdel, ANTC, AMPB, Funifier, ADPF, PM, IAI, AMPB, CGE, TCE, UFPB, Ministério Público Militar, Castanhola, Ajufe, Anid, Data Robot, Five ACTS, RFB, SindContas, Fab Work, Esat, Unipê, Conductor, Ibis e Hotel Manaíra, MPPB e SER.

CMJP

Notícias relacionadas...

Mais notícias

Nossos Anunciantes