Falta de sincronia dos semáforos de João Pessoa tem gerado problemas, aponta Vereador Coronel Sobreira

29/04/2021
Foto: Juliana Santos
Foto: Juliana Santos

O Vereador Coronel Sobreira usou seu tempo na sessão da Câmara de João Pessoa, nesta quinta-feira (29), para chamar a atenção para o problema que a falta de sincronização dos semáforos vem causando nos principais corredores urbanos da Capital. Através de um requerimento apresentado, ele pediu que seja feito um estudo para reprogramar os sinais, de modo a garantir a mobilidade no trânsito.

“Há essa necessidade hoje em João Pessoa de sincronizar os semáforos nos principais corredores urbanos, a exemplo da Epitácio Pessoa, Ruy Carneiro, Cruz das Armas, Pedro II, Retão de Manaíra, entre outros. Essa falta de sintonia, que faz o condutor sair de um sinal e já parar no que tem logo em seguida, muitas vezes distante apenas 400 metros um do outro, atrapalha a mobilidade urbana e não contribui com o meio ambiente, porque ficam ali os carros parados, sem contar com o atraso no deslocamento que isso causa na vida dos cidadãos. São vários os problemas e pedimos que seja feito um estudo de maneira sistemática para trazer a solução”, destacou o Vereador.

Além do requerimento Nº 3250, que sugere à Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB) que faça um estudo da sinalização semafórica dos principais corredores da Capital, Coronel Sobreira apresentou outros três requerimentos na sessão desta quinta-feira: o Nº 3117, que pede a SEDURB o serviço de zeladoria, conservação e restauração da Praça Dom Adauto, no Centro; o Nº 3229, solicitando a SEINFRA o calçamento da rua das Indústrias, no Bairro das Indústrias; e o Nº 3278, para que a Prefeitura providencie a confecção e a distribuição de máscaras faciais à população carente. Todos eles foram aprovados em plenário.

O Vereador apresentou ainda o Projeto de Lei Ordinária Nº 340/2021, que dispõe sobre a formação online dos cuidadores que atuam nas unidades escolares e CREIS (Centro de Referência em Educação Inclusiva) da rede municipal de João Pessoa, com o objetivo de garantir a qualidade do serviço prestado aos alunos com necessidades especiais.

Assessoria

Notícias relacionadas...

Mais notícias

Nossos Anunciantes