Top 50 | O ranking de redes sociais dos clubes do Brasil até maio de 2020

18/05/2020
rank50

O Ibope-Repucom publicou a atualização das bases digitais dos principais clubes do país, somando os perfis oficiais nas redes sociais mais utilizadas no futebol até maio de 2020 – facebook, twitter, instagram e youtube. Dos 50 times estudados, 14 nordestinos. Este é o segundo mês analisado após o início da quarentena no país, a medida adotada para combater o Coronavírus.

Desta vez, o impacto da paralisação do futebol foi maior. Embora os clubes tenham mantido, de uma maneira geral, o crescimento no número de seguidores, o ritmo caiu bastante. Mas não pela falta de conteúdo neste período de isolamento, pois os clubes vem apostando justamente no engajamento das redes, com atividades lúdicas, desafios, interação e ações sociais.

Em relação à evolução dos quadros, o Sport manteve a duradoura liderança no cenário regional, mas o Bahia segue diminuindo a diferença, agora de 34 mil para 32 mil – em 23 meses, foi a 21ª aproximação do tricolor. Se nos últimos meses o time de Salvador vinha tirando 10 mil de diferença, desta vez tirou “apenas” 2 mil. A liderança regional equivale à 14ª posição nacional. Seguindo a análise, a disputa pelo 3º lugar no pódio do NE também está acirrada. Neste caso, a aproximação em relação ao Vitória é dupla, com Ceará (a 31 mil) e Fortaleza (a 47 mil). No último mês, o vozão tirou 23 mil de diferença.

Pelo critério adotado pelo instituto, o levantamento soma os 20 times presentes na Série A deste ano e os 30 com as maiores bases digitais nas demais divisões, ou mesmo aqueles sem participação no Campeonato Brasileiro de 2020. No topo da lista combinada, o Flamengo é o único no patamar de 30 milhões – além disso, o atual campeão do Brasileirão e da Libertadores já abriu 7,0 milhões sobre o Corinthians. A seguir, os cinco quadros sobre o Nordeste, com as respectivas evoluções mensais e as observações do blog sobre os novos dados, contabilizados pela equipe do Ibope até o dia 30 de abril.

Obs 1. O asterisco (*) corresponde à maior evolução no último mês.

Obs 2. Uma pessoa pode ter contas em diferentes plataformas, com a lista contando cada uma delas. E também pode, em tese, seguir perfis rivais, também contabilizados nas listas.

1) Soma das quatro redes quantificadas
Se no último mês, no início da pandemia, seis nordestinos tiveram crescimento acima de 10 mil, agora apenas um passou deste patamar. Na verdade, a diferença do Ceará para os demais é imensa, numa elevação totalmente fora da curva, pouca orgânica. Com 28,8 mil adesões, o alvinegro teve o 3º maior crescimento em todo o monitoramento do Ibope. Na região, o 2º lugar teve apenas 5,7 mil. Tamanha disparidade recolocou o vozão no G4 do NE, tirando o rival de lá após seis meses.

1º) 3.337.732 – Sport (+4.231)
2º) 3.305.021 – Bahia (+5.736)
3º) 1.948.737 – Vitória (+5.651)
4º) 1.917.056 – Ceará (+28.850)*
5º) 1.901.109 – Fortaleza (+2.863)
6º) 1.100.428 – Santa Cruz (+4.546)
7º) 492.348 – Náutico (+1.232)
8º) 477.565 – Íbis (-2.176)
9º) 468.019 – ABC (+1.530)
10º) 460.294 – América-RN (+19)
11º) 428.157 – CSA (+483)
12º) 382.960 – CRB (+756)
13º) 297.420 – Sampaio Corrêa (-264)
14º) 237.627 – Botafogo-PB (+310)

2) Facebook
Na rede de Mark Zuckerberg, 12 dos 14 nordestinos registraram decréscimo. As exceções foram Ceará (+8 mil) e Vitória (+3 mil), com uma curva ascendente bem acentuada do time cearense, numa consideração dentro do próprio Face, há meses num estágio de estagnação quanto à base de usuários. Não houve mudanças neste ranking.

1º) 1.120.588 – Bahia (-735)
2º) 1.062.734 – Sport (-1.108)
3º) 917.672 – Fortaleza (-1.468)
4º) 881.959 – Ceará (+8.088)*
5º) 553.153 – Santa Cruz (-696)
6º) 478.219 – Vitória (+3.362)
7º) 238.026 – América-RN (-345)
8º) 220.828 – ABC (-246)
9º) 212.650 – Náutico (-162)
10º) 157.977 – CSA (-175)
11º) 156.557 – Sampaio Corrêa (-187)
12º) 144.162 – CRB (-81)
13º) 141.541 – Íbis (-179)
14º) 89.970 – Botafogo-PB (-132)

3) Twitter
Considerada a rede mais utilizada pelos brasileiros para debater futebol, segundo pesquisa do próprio Ibope, o Twitter sofreu uma varredura neste mês – geralmente sobre perfis inativos. Foram seis clubes com dados negativos (até -1,5 mil) e oito clubes com positivos, mas com aumento bem tímido (até +0,6 mil). A ordem na lista se manteve.

1º) 1.573.510 – Sport (-1.530)
2º) 1.442.638 – Bahia (-581)
3º) 1.136.931 – Vitória (-1.113)
4º) 318.753 – Ceará (+632)*
5º) 265.457 – Fortaleza (+432)
6º) 241.046 – Santa Cruz (+263)
7º) 206.664 – Íbis (-291)
8º) 144.081 – Náutico (+199)
9º) 122.363 – ABC (-129)
10º) 99.020 – América-RN (-80)
11º) 81.867 – CRB (+180)
12º) 44.263 – CSA (+24)
13º) 33.047 – Botafogo-PB (+22)
14º) 12.230 – Sampaio Corrêa (+193)

4) Instagram
Após seis meses, o Ceará recuperou a liderança regional na rede. Foram 20,9 mil inscrições em abril e 19,1 mil em maio, numa carga suficiente para passar o Bahia e já colocar 9.649 pessoas de vantagem – pelo ritmo tricolor nos últimos meses, dificilmente o “X” será devolvido na próxima atualização. Ao lado do Youtube, o Insta foi a rede com o maior número de nordestinos tendo crescimento mensal, 12 de 14. Apenas Íbis (pela 5ª vez seguida) e Sampaio regrediram.

1º) 634.444 – Ceará (+19.130)*
2º) 624.795 – Bahia (+6.052)
3º) 609.980 – Fortaleza (+3.899)
4º) 596.488 – Sport (+4.869)
5º) 297.687 – Vitória (+3.302)
6º) 248.529 – Santa Cruz (+2.379)
7º) 204.617 – CSA (+334)
8º) 142.231 – CRB (+557)
9º) 129.360 – Íbis (-1.706)
10º) 124.117 – Náutico (+995)
11º) 119.163 – Sampaio Corrêa (-320)
12º) 107.628 – ABC (+1.105)
13º) 97.948 – América-RN (+144)
14º) 92.010 – Botafogo-PB (+320)

5) Youtube
Dos nordestinos presentes, 12 cresceram e 1, o Fortaleza, registrou o mesmo dado do quadro anterior – no caso da rede de compartilhamento de vídeos, os dados divulgados são arredondados, “facilitando” esta possibilidade. Neste mês, os clubes utilizaram a alta de jogos para reproduzir a íntegra de finais da Copa do Nordeste (Sport 2014, Ceará 2015 e Santa 2016) e duelos importantes pelo Brasileirão (Bahia 1988). Já acima de 100 mil inscritos, a margem da primeira “placa” do Youtube, Bahia, Fortaleza e Sport estão separados por 12 mil inscritos. Ainda sobre esta lista, é preciso pontuar que o Íbis aparece sem canal, embora já tenha um perfil oficial, hoje com 3.550 pessoas.

1º) 117.000 – Bahia (+1.000)
2º) 108.000 – Fortaleza (igual)
3º) 105.000 – Sport (+2.000)
4º) 81.900 – Ceará (+1.000)
5º) 57.700 – Santa Cruz (+2.600)*
6º) 35.900 – Vitória (+100)
7º) 25.300 – América-RN (+300)
8º) 22.600 – Botafogo-PB (+100)
9º) 21.300 – CSA (+300)
10º) 17.200 – ABC (+800)
11º) 14.700 – CRB (+100)
12º) 11.500 – Náutico (+200)
13º) 9.470 – Sampaio Corrêa (+50)

Cassio zirpoli

Notícias relacionadas...

Mais notícias

Nossos Anunciantes