Com um ano marcado por muito trabalho na CMJP, Corujinha deseja feliz ano novo e assegura: “o ano termina, mas minha missão de trazer melhorias para a cidade continua”

31/12/2019
corujinha

O primeiro ano da gestão do presidente da Câmara de João Pessoa, João Corujinha (DC), foi marcado por trabalho e reconhecimento, desde ações voltadas à educação até reestruturação administrativa na Casa legislativa. E, de acordo com o presidente, os projetos irão continuar em 2020, com parcerias que almejam sempre atingir o melhor para o pessoense e para a Capital. Corujinha ainda desejou um próspero ano novo para todos e frisou a importância de nunca desistir dos sonhos.

“Enquanto todo mundo está falando de crise, eu estou falando de ideias, de desenvolvimento. Eu falo de trabalho, determinação, de acreditar que o amanhã será melhor que o hoje. Para mim, ano de 2019 foi um dos melhores anos da minha vida, porque tive a oportunidade de me conectar com a cidade na condição de presidente da Câmara. E o ano termina, mas minha missão de trazer mais melhorias para João Pessoa continua”, ressaltou o presidente.

Durante a gestão Corujinha a Câmara reduziu 60 cargos comissionados da estrutura funcional, realizou o recadastramento de mais de 800 servidores e já adquiriu os equipamentos para a implantação do ponto eletrônico na Casa, o que vai garantir mais eficiência e transparência. A Casa também foi referência em ações relacionadas à educação, a exemplo do programa Pílula do Conhecimento, do Aprendiz de vereador e na atuação da Escola do Legislativo.

A TV Câmara também ganhou nova redação e foi pioneira, entre as câmaras municipais do Brasil, a disponibilizar uma ferramenta de legenda automatizada. A atualização do site institucional e a utilização das redes sociais de forma profissional, com uso do IGTV, nova ferramenta do Instagram, para mostrar as ações dos vereadores também foram destaque. A CMJP ainda trabalhou pesado em campanhas educativas incentivando a doação de órgãos, além do combate a violência contra a mulher, assédio e feminicídio.

 

 

Redação Bastidores da Política PB

Notícias relacionadas...

Mais notícias

Nossos Anunciantes