João diz que diferença para oponentes representa sepultamento da “velha política”

08/10/2018
Foto: diamanteonline
Foto: diamanteonline

O governador eleito João Azevêdo, durante sua entrevista coletiva após a vitória nas eleições estaduais neste domingo (7), sintetizou que o resultado das urnas que o elegeu com 58% dos votos e mais de 650 mil de diferença para o segundo, Lucélio Cartaxo, representa o sepultamento da “velha política”.

“O resultado foi um reconhecimento de que a prática política mudou na Paraíba. A velha política foi enterrada. A missão foi cumprida, mas a responsabilidade é muito grande”, disse João Azevêdo.

João disse que pretende ampliar projetos, com prioridades em todas as áreas, e sem “grandes sobressaltos” que o diferenciem da gestão de Ricardo Coutinho.

“Administrativamente o estado está organizado. Nós vamos, a partir de janeiro, implementar o plano de governo que elaboramos. Um plano de governo que tem o estabelecimento de várias metas, como todas as políticas públicas que existem no Estado precisam ser aprimoradas. São detalhes, são ampliações que nós vamos fazer. Isso nós vamos implementar a partir do plano de trabalho”, afirmou.

O gestor destacou que a partir de 2019 deve manter o projeto dos últimos oito anos de governo. “Nós temos prioridades nas áreas todas, cada um tem uma lógica diferente do tratar da coisa pública, entretanto esse projeto tem um conceito que vai continuar sem sobressaltos. A Paraíba pode ficar tranquila que não vai ter nada extremamente diferente que quebre ou crie uma ruptura daquilo que houve anteriormente. Nós vamos dar continuidade com celeridade, com tranquilidade, para se implementar as ações que estão no nosso plano de trabalho, sem grandes sobressaltos.”

Paraíba Já

Notícias relacionadas...

Mais notícias

Nossos Anunciantes