Câmara de João Pessoa discute uso de canudos de plástico nesta terça-feira (9)

07/10/2018
fachcmjp

A vedação do consumo de canudos de plástico é uma tendência mundial como forma de contribuir com a preservação do meio ambiente, uma vez que o produto representa 4% de todo lixo do mundo e leva cerca de 500 anos para se decompor. Existem opções mais sustentáveis, como canudos de papel ou palha. Mas quais os impactos dessa mudança para os pequenos comerciantes? Essas e outras questões sobre o assunto vão ser debatidas em Audiência Pública na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), nesta terça-feira (9), às 15h.

A Audiência Pública, proposta pelo presidente Comissão de Constituição, Justiça, Redação e Legislação Participativa (CCJ) na Casa, vereador Milanez Neto (PTB), vai discutir o Projeto de Lei 726/2018, que dispõe sobre a obrigação de estabelecimentos disponibilizarem canudos de papel biodegradável, reciclável ou reutilizável, de autoria do vereador Tanílson Soares (PSB).

Porém quando o projeto passou pela CCJ recebeu emenda que, ao invés do projeto obrigar os estabelecimentos a oferecer canudos de papel, proibiu a disponibilização de canudos de plástico, podendo a administração desses locais ter a opção de não oferecer o produto ou oferecê-lo feito material biodegradável, como papel.

“Este é apenas o pontapé inicial de uma tendência do mundo todo pela preservação do meio ambiente. Hoje são canudos de plástico, depois podem ser sacolas e copos plásticos”, declarou Milanez Neto.

CMJP

Notícias relacionadas...

Mais notícias

Nossos Anunciantes